Flow-Ball Trending

It is necessary to redesign the way players are being formed and teams are playing.

We need to move from predictability and patterned offensive and defensive strategies to an unpredictable and  positionless type of transition offense coupled with a defensive strategy that is defined by priorities according to the characteristics of the opponent.

This transition will only possible through the implementation of training methods aimed at developing specialists of the sport and not of the position. Skill development and fundamentals need to be prioritized over the teaching of strategies.

The uniqueness and of this revolutionary style of play will leverage the game and will defy the status quo. Now, it is possible to defeat teams with superior individual talent.

If the same old way of playing continues, it will only favor teams and organizations with financial power and better chances to recruit the best players in the country.

It is time to challenge the system and that will only be possible by developing a team of positionless specialists of the gam playing and executing strategies that aren’t easily scoutable and predictable.

The goal will be the same: Increase shot production and shooting percentage per possession while decreasing the opponent’s.

Playing this way will improve teamwork, team chemistry and understanding of the game (IQ). It will also bring fresh excitement to your coaching, players and fans.

Try it and experience the difference.
Flow-Ball is here to stay.

O Basquetebol Brasileiro

DEPOIMENTO:

Amigos, continuamos a dar mais valor aos técnicos estrangeiros e a desprestigiar os nossos. Enquanto esta mentalidade não mudar, e sinceramente não tenho esperanças que isto aconteça nesta geração, continuarenos a jogar dentro de um padrão sem o DNA de nossa cultura e características.

Em minha vida profissional, fui abençoado, pois tive a oportunidade de competir, com sucesso, contra técnicos de várias nacionalidades, dirigir equipes profissionais e seleções de outros países (3).

Há muitos anos venho escrevendo sobre o assunto, porém minhas palavras não ecoam no meu país, porém o mesmo não acontece no país do Basquetebol.

Continuanos a focar no basquetebol elite e não na formação. O espelho do nosso basquetebol formação, não pode ser o basquete show da NBA. Continuamos, também a utilizar jogadas do Real Madrid, do Golden State, etc, sem que os jogadores tenham os fundamentos necessários e as características para executar tal estratégia.

Resultado, nossos técnicos passam a gritar, xingar, pois os jogadores estão sendo forçados a jogador dentro de um esquema que não favorece suas habilidades.

A função de um técnico é facilitar a performance de seus atletas e não dificultar.

Enfim, continuo prestando consultoria para técnicos e formando jogadores no país do Basquetebol.

Ano passado formei, por intermédio de minha academia, jogadores e jogadoras que assinaram com universidades da 1a e 2a divisões do basquetebol americano.

E vida que segue.

Sucesso!

Transition Defense

Dear friends and Colleagues,

https://youtu.be/j5r5WgnSOfA

I wrote the Flow-Ball eBook in order to share with you my game philosophy that I used with the teams I coached.

The execution of this differentiated philosophy allowed me to lead teams to historic victories and championship titles in different countries, even when competing against teams of superior individual talents.

Training abroad is a rewarding experience until you lose a game or two.

Every time you step on the court it is a time of testing that you will pass or fail.

Even if you have a registered contract, if you lose the wrong game, you are out.

So, in my quest for victories and survival, Flow-Ball was created.

Flow-Ball is based on unpredictability at both ends of the court and a positionless transition offense based on player-controlled actions.

Contrary to the common style of play used by most teams, Flow-Ball is not standardized nor predictable.

My teams' achievements are a proof that Flow-Ball works.

It is not a theory, it is a style of play based on a concept that will allow you to compete to win and not just participate.

Try and experience the difference.

Buy your copy today at:

www.wasportsconsulting.com/ebooks.html

Success!

LIÇÕES NÃO APRENDIDAS 2

Amigos, continuamos a dar mais valor aos técnicos estrangeiros e a desprestigiar os nossos.

Enquanto esta mentalidade não mudar, e sinceramente não tenho esperanças que isto aconteça nesta geração, continuarenos a jogar e a dentro de um padrão sem o DNA de nossa cultura e características.

Em minha vida profissional, fui abençoado, pois tive a oportunidade de competir, com sucesso, contra técnicos de várias nacionalidades, dirigir equipes profissionais e seleções de outros países (3).

Há muitos anos venho escrevendo sobre o assunto, porém minhas palavras não ecoam no meu país, porém o mesmo não acontece no país do Basquetebol.

Continuanos a focar no basquetebol elite e não na formação. O espelho do nosso basquetebol formação, não pode ser o basquete show da NBA.

Continuamos, também, a  utilizar jogadas do Real Madrid, do Golden State, etc, sem que os jogadores tenham os fundamentos necessários e as características para executar tal estratégia.

Resultado, nossos técnicos passam a gritar, xingar, e as equipes terminam os jogos com médias assombrantes de turnovers pois os jogadores estão sendo forçados a jogador dentro de um esquema que não favorece suas habilidades.

A função de um técnico é facilitar a performance de seus atletas e não dificultar.

Enfim, continuo prestando consultoria para técnicos e formando jogadores no país do Basquetebol. Ano passado formei, por intermédio de minha academia, jogadores e jogadoras que assinaram com universidades da 1a e 2a divisões do basquetebol americano.

E vida que segue. Aqui ninguém me silencia. E lê quem quer.

http://www.wasportsconsulting.com

Quem é mais Importante, o Jogador ou o Treinador?

Muitos argumentam que os jogadores são mais importantes porque são eles que marcam os pontos necessários para vencer os jogos.

Na minha opinião, ambos são igualmente importantes. Sim, o jogador marcará os pontos necessários para vencer a partida, mas o trabalho do treinador de facilitar o trabalho dos jogadores, adotando uma estratégia e um estilo de jogo que seja congruente às habilidades e características do jogador é igualmente importante.

Muitas vezes vi muitos treinadores gritando e chateados com seus jogadores, durante os jogos, porque eles não estão executando ou executando a estratégia de forma eficiente; muitas vezes porque o treinador adotou estratégias que requerem os fundamentos e a habilidade que seus jogadores não têm.

Eu sou da escola de basquete que os jogadores precisam ser treinados para serem especialistas do esporte e não da posição. Eles precisam ser ensinados e ter as habilidades e fundamentos para jogar em cada posição. O basquete moderno é impecável e imprevisível. Os jogadores precisam ser ensinados a correr, driblar, passar e arremessar.

No eBook Flow-ball, eu descrevo uma abordagem diferenciada e um conjunto de métodos que uso durante minhas sessões de treino para desenvolver jogadores fundamentalmente sólidos e um time de basquete altamente eficiente.

A filosofia do basquete flu-ball é baseada em:

  1. Imprevisibilidade em ambas as extremidades do piso.
  2. Um ataque de transição sem posição e controlado pelo jogador que flui naturalmente de uma fase para outra.
  3. Defesa agressiva definida em prioridades de acordo com as características do adversário

Para comprar sua cópia hoje clique no site abaixo:

wasportsconsulting.com/ebooks.html

Sucesso!